Artabas se une à italiana Facco para expandir mercado - 07/06/2013


A fábrica italiana Facco torna-se sócia da Artabas, de Bastos (SP), e ambas ganham em tecnologia para ampliar o catálogo de produtos e conquistar novos mercados. 

A primeira semana de maio foi especial para a Artabas e, por consequência, importante para a avicultura de postura brasileira. Uma das mais tradicionais e fortes empresas brasileiras de equipamentos para avicultura, a Artabas assinou um contrato societário com a multinacional italiana Facco. Trata-se de uma união de peso, pois interliga a tradição de 46 anos da Artabas, instalada em Bastos (SP), à força dos 56 anos da Facco, empresa com matriz em Pádua, na Itália, e que hoje tem filiais em todos os continentes. A multinacional italiana possui alguns dos mais modernos equipamentos avícolas e softwares de controle de produção em aviários.

Leandro Yoshikawa, diretor da Artabas, e quem pessoalmente finalizou o contrato com os italianos, explica que a união das duas empresas fortalece ainda mais a marca Artabas, que agora ganha maior impulso para ampliar seu catálogo de produtos, expandir seu parque fabril e oferecer equipamentos, peças e softwares cada vez melhores e mais modernos a seus clientes do Brasil. Além, é claro, de permitir o crescimento ainda maior no exterior. 

Em entrevista exclusiva à A Hora do Ovo, Leandro Yoshikawa, neto do fundador da Artabas, Nobuo Yoshikawa, e filho de Edison Yoshikawa - que fez a empresa evoluir nas quase cinco décadas de sua existência - faz questão de ressaltar: a Artabas uniu-se à Facco para permitir o crescimento de sua unidade fabril instalada na Capital do Ovo brasileira. “Continuamos com nossa fábrica em Bastos, em plena produção. E a partir de junho começamos a ampliá-la. Vamos crescer em área construída entre 1.500 e 3.000 metros quadrados”, anuncia Leandro, animado com os desafios que tem pela frente. Afinal, com a nova configuração societária a Artabas passa a ter cada vez mais condições de ganhar novas fronteiras. “Além de nossos clientes brasileiros, vamos também focar em atender e ampliar a clientela da América Latina e África, dois mercados muito importantes para nós e para nosso sócio italiano.” 

O jovem empresário bastense enfatiza: “Com o acordo que firmamos no começo de maio, na Itália, ganham as duas empresas. A Artabas aproveita a oportunidade de expandir e ganhar a tecnologia e know-how da empresa italiana. E a Facco ganha a oportunidade de encurtar caminho para o mercado brasileiro e latino-americano, com a tradição e a confiabilidade da marca Artabas. Ou seja, ambos fizemos um bom negócio unindo nossas marcas.” 

Artabas continua em Bastos 

Entre as novidades que a partir de agora a Artabas poderá garantir a seus clientes estão os modernos softwares de controle dos aviários. Para o produtor será uma importante conquista, pois ele manterá sob seu controle o volume de ovos produzidos, assim como controlará a temperatura e a umidade no aviário, o consumo de água e de ração, entre outros aspectos importantes para o dia a dia de uma granja moderna. Além do mais, a Facco tem experiência em instalar aviários em todas as partes do mundo e, portanto, sabe como lidar com diferentes climas e condições diversas de exigência de produção. 

Esse know-how será repassado à equipe Artabas, que ganhará muito em conhecimento e experiência para atender às diversas condições da avicultura brasileira e latino-americana, entre outras. “Todos nós ganharemos com esse processo de união que começa agora”, ressalta Leandro, acrescentando: “Vamos crescer ainda mais aqui, produzindo mais e melhor. Enfim, é uma troca de informações e transferência de tecnologia e know-how.” (A Hora do Ovo)