Show Room FACCO ARTABAS PLUS - 05/11/2021


Artabas abre show room na fábrica para clientes e mostra inovações 


Em novembro, a Artabas recepcionou avicultores e representantes em Bastos (SP), mostrando soluções e aprimoramento de sua tecnologia em equipamentos aviários. 

Uma vitrine presencial, com lançamentos e tecnologias aprimoradas. Assim é o novo show room que a Artabas montou em sua fábrica, em Bastos (SP), para recepcionar em novembro avicultores de Bastos e diver­sos pontos do país. Depois de um ano e meio de pandemia da covid-19 e já com um certo controle lastreado pela vacinação, essa tradi­cional empresa de equipamentos para avicul­tura retoma, aos poucos, e com segurança, a recepção presencial em sua sede, como faz tradicionalmente em julho, durante a Festa do Ovo de Bastos, evento que não acontece há dois anos por causa da pandemia. 

A presença expressiva de clientes du­rante os 10 dias de visitação demonstrou a importância desse encontro para a troca de informações, conhecimento dos novos equi­pamentos e também para ouvir as necessi­dades dos clientes de postura de Bastos e de todo país. Em entrevista à A Hora do Ovo, Leandro Yoshikawa, diretor geral da Artabas, explicou que a empresa fez questão de encerrar 2021 com essa exposição, suas inovações e possi­bilidades de adaptação às necessidades dos clientes. “Assim, demonstramos a todos que não paramos de trabalhar, de aprimorar e inovar. Além disso, voltar a recepcionar os clientes comprova que é possível, aos poucos, retornar, voltando à normalidade, e pro­mover networking, tão essencial aos negócios”, dis­se o diretor. 

“O objetivo do show room é apresentar o resultado do trabalho da nossa equipe nesse período em que estivemos em contato com nossos clientes de forma remota. Não paramos de estudar e produzir soluções para os avicultores, e agora inauguramos nosso Show Room FACCO ARTABAS PLUS para apresentar todo o aprimoramento ao qual nos dedicamos, apesar das dificuldades e desafios da pandemia. Seguimos de­senvolvendo, melhorando e buscando aprimoramento para atender cada vez melhor aos avicultores brasi­leiros e da América do Sul”, comenta Leandro. Para ele, esse contato presencial foi bastante enriquecedor para todos, clientes e equipe da empresa, como um todo. “Um dos nossos lemas é estar próxi­mo dos clientes, ser seu parceiro, ouvi-los e atender suas necessidades. A visita pre­sencial trouxe muitos subsídios que iremos aplicar aos projetos futuros da fábrica, bene­ficiando a todos.” 

E foi o que realmente aconteceu nesse show room 2021: as equipes de vendas e de produção da empresa atentas ao aten­dimento a avicultores e representantes da fábrica. Eles puderam ver novidades, como o secador de esterco MDS, sistema vertical com passarela com opção de distribuidor de ração aéreo ou sistema de corrente, o recolhimento de esterco em sistemas pira­midais, os ninhos em versões automáticas e convencionais, sistema verticalizado (Libe­ra) que são soluções para criação de aves livres de gaiolas, sistema de controle de ração por balança de fluxo, ventiladores, exaustores, container muito prático e ágil para transporte de aves, bandejas plásticas, pallets e divisó­rias, sistemas verticais para cria e recria em plástico ou em arame, sistemas para codorna, além dos sistemas tradicionais, como os pi­ramidais, equipamentos para fábrica de ração de uma a 60 toneladas/horas. 

"Estamos muito satisfeitos com o resul­tado das visitas. A programação foi intensa e o feed back demonstrou que a demanda existe, que os clientes precisam e querem um atendimento mais direto. É impressio­nante como estar frente a frente com o cliente é algo que impulsiona o trabalho de todos nós e nos estimula a prosseguir, ape­sar das dificuldades do mercado, geradas pela pandemia. Continuamos trabalhando, aprimorando nossos produtos”, entusias­ma-se Leandro Yoshikawa.  

COMPARECENDO AO SHOW ROOM DA ARTABAS, em novembro, avicultores, lideranças, geren­tes e técnicos de granjas e representantes da empresa conheceram de perto os lançamentos e tecnologias da tradicional marca de equipamentos para a avicultura de postura. 

Fonte Jornal A Hora do Ovo